A cor do céu

A cor do céu

Que cor é o céu criança?

O céu é azul?

Quem falou?

Hoje eu vi o céu negro, e já o vi de várias cores;

Amarelo, escarlate, cor-de-rosa, violeta...

E na minha história ele está violeta, dependendo da hora.

Às vezes, ele amanhece cinza e chorando de tristeza, de vergonha, por proteger essa humanidade desgastada, arruinada, petulante e chateada...

Outras vezes se me aparece amarelo-desbotado, lá no fundo, na linha do horizonte, cansado, indo embora...

E vai ficando escuro, negro, até a lua colabora...

Então, repensa e amanhece feliz, sorridente, azul de contente...

Me chega um novo alento, eu repenso e reluto, finjo que “vai tudo bem”, como o céu também...

Outra hora ele se pinta de branco, sopra forte e cria formas inimagináveis, inatingíveis, intocáveis e por que não “imexíveis”

E eu sorrio, ou choro, pois sei então que o céu está vulnerável.

E amanhã, como vai ser?

Uma noite dessas,  ele estava azul-marinho, salpicado de estrelas que sorriam, sumiam, corriam e reapareciam – saltitantes, sorridentes, como crianças felizes, amadas, alimentadas e descansadas...

E aí, o céu me aparece outra hora – rosa forte, violeta, alaranjado...   preguiçoso...   

No final daqueles dias em que o clima foi gostoso...

E o sol, colaborando, fica horas teimando em sumir lá na linha do horizonte, perturbando, corando rostos...

Descontente de ter que partir para o Oriente...

E eu, ciumenta dele, faço figa, para ver ele co’a gente.

E aí, criança, e agora? Que cor é o céu da gente?

Tem horas em que ele é verde, amarelo, laranja, preto, dourado...

E, às vezes, até pinta um arco-íris do lado...

Criança, minha criança, esse céu,  nem sempre azul, é um danado!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Publicado em Antologia Poética de Itararé – página 84 - maio 1989

 

Rachel A dos Santos 
Professora, formada em Letras, Pedagogia, Educação Artística, Pós-graduada em Informática em Educação. Exerceu as funções de PCP – ATP – Vice-diretor – Diretor de Escola.

 

#ESCOLA


Comentários